NOTA: ESCLARECIMENTOS SOBRE O PAGAMENTO DE BOLSAS

Assessoria de Comunicação Social - 18-01-2022
3329

A FAPEMIG vem implementando um novo sistema de repasse de valores. Trata-se do Cartão BB Pesquisa, que objetiva reduzir o fluxo dos processos de pagamentos, de maneira que a FAPEMIG realize os repasses diretamente aos beneficiários. Todos os bolsistas implementados no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) receberão o pagamento via Cartão BB Pesquisa. Os convênios dos programas de apoio a pós-graduação (PAPG) também têm sido migrados, gradualmente, para o novo sistema.

O cadastro dos usuários no sistema segue um fluxo contínuo de processos, como simplificado a seguir:

IMPLEMENTAÇÃO E CADASTRAMENTO

ETAPA 1 

O bolsista indicado para receber o apoio realiza seu cadastro no Sistema Everest, informando corretamente seus dados pessoais e acadêmicos. 

ETAPA 2 

A instituição de ensino/ICTMG implementa a bolsa com o Termo de Compromisso. (Recomendável a implementação até o dia 14 de cada mês). 

ETAPA 3 

A instituição de ensino/ICTMG realiza o ateste de frequência até o dia 27 de cada mês. 

ETAPA 4 

A FAPEMIG realiza o envio de arquivo contendo os dados cadastrais dos beneficiários ao Banco do Brasil para o cadastro dos portadores (bolsista que receberão o cartão). 

ETAPA 5 

O banco realiza a análise dos dados cadastrais do bolsista junto à Receita Federal. 

CADASTRAMENTO DA SENHA 

ETAPA 6 

O bolsista recebe e-mail da FAPEMIG/Instituição de Ensino/ICTMG solicitando comparecimento na agência bancária para registrar a senha. 

ETAPA 7 

 

O bolsista comparece a uma agência do Banco do Brasil para cadastramento da senha do cartão. 

EMISSÃO E ENVIO DO CARTÃO AO BOLSISTA 

ETAPA 8 

Após cadastramento da senha, o cartão é confeccionado pelo Banco do Brasil e em seguida, enviado para o endereço do bolsista informado no Sistema Everest. 

ETAPA 9 

Com o cartão em mãos, o bolsista deve efetuar o desbloqueio em qualquer terminal de autoatendimento ou agência do Banco do Brasil. 


Conforme o quadro acima, é prerrogativa do sistema Cartão BB Pesquisa o cadastramento dos usuários do cartão no sistema do Banco do Brasil. Para tanto, a FAPEMIG utiliza os dados inseridos pelos bolsistas no Sistema Everest. É importante lembrar que os dados informados pelos bolsistas devem estar de acordo com a base cadastral da Secretaria da Receita Federal, pois, o sistema do Banco do Brasil realiza o cruzamento dos dados e a discordância das informações pode provocar a recusa do cadastro. Até o recebimento do e-mail para comparecimento ao banco e cadastramento da senha, não há necessidade do bolsista apresentar-se ao Banco do Brasil na busca por informações sobre o cartão, pois, o banco ainda não terá sido notificado sobre o cadastro.


Em caso de atraso no recebimento do e-mail para comparecimento ao banco, em um primeiro momento, o bolsista deverá entrar em contato com a Instituição de Ensino/ICTMG a qual está vinculado. Posteriormente, caso necessário, orienta-se que o bolsista entre em contato com a FAPEMIG via Sistema Everest ou Fale Conosco. Após o cadastramento da senha, o rastreamento da entrega do cartão poderá ser solicitado ao banco, via canais de atendimento do Banco do Brasil.


O prazo padrão para pagamento das bolsas é até o 5º dia útil do mês subsequente. No entanto, em razão aos trâmites de cadastramento e emissão do cartão, o pagamento poderá demorar mais que o prazo habitual no primeiro mês de implementação da bolsa/cadastramento no sistema Cartão BB Pesquisa. Ocorrendo somente até a obtenção do cartão por parte do bolsista, este atraso tem sido pontual e de ordem técnica, não impactando a todos os bolsistas cadastrados.

 

Alguns fatores podem ocasionar atrasos no fluxo do processo


  • Erro de cadastramento de dados: Foram identificadas inconsistências nos dados informados por alguns bolsistas. Quando isso acontece, o processo de cadastramento daquela bolsa é interrompido até os problemas serem solucionados. Importante destacar que os dados pessoais informados no sistema Everest devem estar em conformidade com os dados inscritos na Receita Federal. A importância da correção dos dados foi destacada aqui.
  • Não implementação da bolsa: É aconselhável que os bolsistas verifiquem com sua instituição se a implementação da bolsa foi efetivada com sucesso. Foram identificados casos em que os bolsistas estavam aguardando receber o e-mail da FAPEMIG, mas sua bolsa ainda não tinha sido implementada.
  • Não cadastramento da senha: A FAPEMIG envia o e-mail solicitando que o bolsista vá até uma agência bancária para registrar sua senha, mas isso não é feito. Como resultado, os valores ficam inacessíveis.


O Banco do Brasil relatou atraso na confecção dos cartões devido à falta de material (chip). Em decorrência deste problema, os mesmos estão demorando mais que o prazo previsto de 15 dias para serem enviados aos portadores.


A FAPEMIG tem trabalhado na melhoria dos fluxos de implementação do sistema Cartão BB Pesquisa, no intuito de reduzir o prazo e evitar atrasos nos pagamentos. Em parceria com o Banco do Brasil, tem sido verificada a possibilidade de melhorias para o uso do Cartão BB Pesquisa por parte dos usuários.

Dúvidas podem ser encaminhadas pela Central de Informações da FAPEMIG por meio do Fale Conosco.