FAPEMIG realizará pagamento da Chamada 09/2016

Tuany Alves - 13-08-2020
405

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG) informa que irá realizar a partir do mês de agosto o pagamento da Chamada 09/2016 – Redes de Pesquisa Científica, Tecnológica e de Inovação. Para isso, a Fundação está realizando uma consulta aos coordenadores das Redes de Pesquisas a fim de verificar para quais ainda faz sentindo receber o fomento.

Publicada em 2016 a Chamada visa apoiar projetos de pesquisa desenvolvidos em rede, em diferentes instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) de Minas Gerais. Ao todo, são 21 propostas aprovadas que juntas somam um investimento da ordem de R$25 milhões. 

Segundo o Assessor Técnico de Ciência e Inovação da FAPEMG, Rafael Pessoa, foi enviado um e-mail para todos os coordenadores por meio do Sistema Everest. “Essa é a nossa principal forma de contato, por isso pedimos para que os coordenadores e bolsistas mantenham os dados atualizados no sistema”, explica.  

O assessor informa que o pagamento dos projetos dessa Chamada, mesmo em um cenário de elevadas restrições financeiras, se justifica devido a relevância dos temas para Minas Gerais. “Diferente de outras Chamadas, essa oportunidade se destaca por exigir que as ICTs trabalhem juntas em prol de um objetivo comum, com projetos robustos, em temas importantes para o Estado”, conta.

O gerente da Gerência de Ciência e Tecnologia da FAPEMIG, Daniel Souza, destaca ainda que a decisão leva em conta a grande aderência da iniciativa com a visão da Fundação em atuar na compatibilização da tecnologia e inovação como uma solução de problemas socioeconômicos do Estado. “As Redes de Pesquisa selecionadas desenvolvem projetos alinhados ao fomento à pesquisa aplicada. Essa vertente de atuação da FAPEMIG busca incrementar o emprego de conhecimentos científicos, tecnológicos e de inovação para solução de problemas socioeconômicos do Estado. Assim, essa Chamada tem potencial de fortalecer as redes e suas várias linhas de pesquisa, tendo em vista seu alto grau de aplicabilidade prática na medida em que abrange estudos que vão desde nanotecnologia e novos materiais até imunologia.”, informa.

A expectativa é que a triagem seja concluída nesta semana. Cabe frisar que os coordenadores precisam estar adimplentes no Sistema Everest, uma vez que a inadimplência pode interferir no pagamento.

Dúvidas sobre a triagem podem ser enviadas pelo e-mail dap@fapemig.br

Pagamento

Após a triagem e o pagamento da primeira parcela será realizada a prorrogação de ofício. Isso significa que a FAPEMIG irá prorrogar esses projetos pelo mesmo período de atraso do pagamento.  “Com isso, a proposta é que, mantido um fluxo regular de recursos financeiros destinados à Fundação, o pagamento será realizado em 36 parcelas”, informa Rafael Pessoa.

Já Souza informa que para fazer essa prorrogação é preciso que os coordenadores reajustem o plano de trabalho enviado, levando em conta o atual momento e verificando quais bolsas e recursos demandam agora. “Porém, isso será em um segundo momento”, destaca. 

Redes de Pesquisas 

As Redes de Pesquisa visam incentivar a criação, manutenção e fortalecimento de redes de pesquisa científica, tecnológica e de inovação em Minas Gerais. Compostas por ICTs mineiras elas são responsáveis pela articulação dos pesquisadores e instituições para o desenvolvimento de competências em diferentes áreas do conhecimento de interesse do Estado e do País.

Faz parte ainda do seu escopo a otimização do uso de recursos, evitando duplicação e induzindo o trabalho cooperativo em sistema de redes de pesquisa. Facilitando, assim, a interação entre pesquisadores e estimulando a utilização compartilhada dos laboratórios de pesquisa e a geração de novos conhecimentos. 

Saiba mais sobre as Redes aqui.