Solução substitui álcool em gel na luta contra o coronavírus

Téo Scalioni - 21-08-2020
470

Em tempos de pandemia e de novo normal, a utilização de máscaras e a higienização das mãos se tornaram praticamente obrigatórios no dia-a-dia das pessoas. No entanto, acidentes relacionados ao álcool em gel têm sido frequentes no Brasil, principalmente com crianças no ambiente doméstico. Somente de janeiro a abril deste ano, já foram registrados pelos Centros de Informação e Assistência Toxicológica (CIATox), 108 casos de intoxicação por álcool em gel no País, o que representa um aumento de 535% com relação à 2019. Outra questão é que pelo fato do álcool em gel levar mais tempo para evaporar da pele, é preciso ter cautela ao se aproximar do fogo, pois como as chamas são transparentes, existe grande perigo de queimaduras. 

Procurando diminuir esse tipo de acidente, o mercado tem buscado alternativas para continuar protegendo as pessoas contra a covid-19, principalmente, no que se refere à higienização das mãos, mas de maneira mais segura. Foi nesse sentido que o TCI Laboratório Biotecnológico, empresa situada no Norte de Minas, desenvolveu o Extraya, uma loção antisséptica e hidratante que possui em sua fórmula ativos naturais e biotecnológicos e, por não conter álcool, não é inflamável. A loção foi criada com o intuito de substituir o solvente (álcool) em gel 70% no combate à vírus e bactérias. O desenvolvimento do produto já havia começado antes mesmo da pandemia, no entanto, diante do novo cenário, o laboratório reforçou os estudos referentes ao produto e acelerou o lançamento. Tanto que, hoje, estudos já realizados e atestados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mostraram que o Extraya é 99,99% eficaz contra germes, vírus e bactérias.

O produto foi desenvolvido por Marcos Guedes pesquisador e um dos sócios da TCI Biotecnologia e se aprimorou no início da pandemia. A base ativa do Extraya é composta por Quaternario de Amônia, Óleo Copaíba, Óleo Melaleuca em sinergismo com Dissodiun EDTA e extrato de Carica Papaya. A combinação desses componentes com ativos naturais e biotecnológicos faz com que a loção possua comprovadas propriedades antissépticas e germicidas e seus agentes hidratantes revitalizam sem danificar as células da epiderme. “O produto possui dupla função: é antisséptico e hidratante, promovendo proteção e hidratação profunda da pele das mãos e da face por até três horas” explica Marcos Guedes. 

Segundo o pesquisador e desenvolvedor do produto, a Extraya é recomendada para toda a família e possui risco zero de queimaduras e intoxicações em crianças e idosos.  “Diferentemente do álcool em gel que protege por poucos minutos, resseca a pele e ainda apresenta alto risco de acidentes, como alerta a própria ANVISA”, lembra Marcos. Conforme explica Marcos Guedes  a loção tem sido desenvolvida há 11 anos, no entanto, se aprimorou após o começo da pandemia. O produto, disponível em creme e também em spray, está sendo comercializado em todo o Estado de Minas Gerais. Em Belo Horizonte, pode ser encontrado na Drogaria Araújo, Supermercado Super Nosso e pelo site: extraya.com.