Paulo Beirão integra Conselho da SBPC

Tuany Alves - 02-08-2019
287

O Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG), Paulo Sérgio Lacerda Beirão, foi eleito conselheiro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Empossado durante a 71ª Reunião Anual da SBPC, em Campo Grande, o diretor da Fundação será responsável pelos estados da área C – Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso.

Paulo Beirão já fez parte do Conselho anos antes, e considera uma satisfação voltar a integra-lo. Segundo ele, a SBPC é um órgão muito importante para a representatividade da comunidade científica e tecnológica do país.  “A entidade busca contribuir para o crescimento da ciência e de uma política que inclua a pesquisa como um motor do desenvolvimento social”, informa.

O diretor destaca, ainda, que a SBPC é um órgão democrático e pluralista, pois além de envolver todas as áreas do conhecimento, representa todos os estados brasileiros. “Representação que se dá, principalmente, pelo Conselho”. 

Além do diretor da FAPEMIG, ficarão responsáveis pela área C as pesquisadoras Ana Maria Bonetti, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e Lia Zanotta Machado da Universidade de Brasília (UNB).

Conexão para o desenvolvimento da ciência

Promover a articulação entre a academia, setores do governo e setores empresariais, é o que buscará Paulo Beirão durante os 4 anos que integrará o Conselho. De acordo com o diretor da FAPEMIG, muita tecnologia e conhecimento são construídos na academia. “Informações que podem gerar valor para a sociedade, mas não são apropriadas pelas empresas ficando na prateleira”.

Para o pesquisador é necessário que se tenha uma melhor articulação entre os setores. “É muito importante acabar com os obstáculos de comunicação, senão cada um irá ficar tentando isoladamente e isso não funcionará”, ressalta.

Paulo Beirão

Formado em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É mestre em Biofísica e doutor em Ciências pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFJR). Atualmente é professor titular do departamento de Bioquímica e Imunologia da UFMG. 

Foi Research Associate da University of Pennsylvania e do Jefferson Medical College e Honorary Research Fellow da University of Leicester. Também formou um forte grupo de eletrofisiologia, reconhecido nacional e internacionalmente.

Foi presidente da Sociedade Brasileira de Biofísica e da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular, e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Toxinologia. Participou do Conselho Deliberativo da Federação de Sociedades de Biologia Experimental e foi conselheiro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) em dois mandatos. 

Sob sua gestão foi elaborado o projeto de criação do parque tecnológico da UFMG (BH-TEC). Coordenou a criação do Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares da UFMG, do qual foi o primeiro presidente. Também foi presidente do Conselho Curador da FAPEMIG, diretor de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Diretor de Cooperação Institucional do CNPq.

Recebeu Prêmio Fundep 2012, além de ser comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico e membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC).