FAPEMIG nos 45 anos da Epamig

Tatiana Nepomuceno - 21-08-2019
203

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), promoveu no dia 14 de agosto, na sede do Governo de Minas, uma apresentação de seus programas de pesquisa. O encontro foi finalizado com uma degustação de produtos desenvolvidos com tecnologias da própria empresa, como queijos, azeite, soja, vinho e o recém-lançado espumante Nature. Na oportunidade, o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Paulo Beirão, esteve presente e parabenizou a Epamig pela iniciativa. “É de extrema importância mostrar para a sociedade os resultados das pesquisas desenvolvidas no Estado e, neste sentido, a Epamig, com o apoio da FAPEMIG, possui excelentes produtos a serem revelados.”, declarou Beirão.

Durante a abertura, a presidente da Epamig, Nilda de Fátima Ferreira Soares, reiterou a importância de encontros como esse para tornar os trabalhos da Epamig cada vez mais conhecidos. Em seguida, a secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ana Valentini, reiterou que países desenvolvidos são aqueles com investimentos em pesquisas. A secretária endossou o discurso de Nilda e deixou uma palavra de incentivo para os presentes. “Em meio à situação difícil das contas do estado, temos que ser mais criativos e continuar os trabalhos sem desânimo, mesmo que não seja fácil e apesar das dificuldades”, declarou Ana.

Nesse sentido, Nilda concluiu a sua fala com destaque aos processos de inovação. De acordo com a presidente, esses processos são os principais responsáveis pelo desenvolvimento de uma nação. Nesse sentido, Nilda se dirigiu aos gestores representantes do Governo para dizer que, apesar de todas as dificuldades financeiras, é preciso priorizar as pesquisas. “Um país desenvolvido não vive apenas de suas commodities, mas também de inovação. Se nós abrirmos mão de aplicarmos nossos recursos em pesquisas, em curtíssimo prazo vamos ver as consequências ruins que isso vai nos trazer”, afirmou Nilda com destaque para a necessidade de fazer chegar até o lar dos mineiros os resultados de pesquisas obtidos pela Epamig.

O evento marcou as comemorações de aniversário da EPAMIG, que no último dia 6 de agosto completou 45 anos de serviços em Minas Gerais.

*Com informações da Ascom da Epamig.