METODOLOGIA DE PREPARO DE UM IMUNOSSENSOR PARA DETECÇÃO DO HORMÔNIO TIREOIDIANO L-TRIIODOTIRONINA

IDENTIFICADOR: 261 | DATA: 19-11-2020
2995

SETOR ECONÔMICO:

Biotecnologia


PROBLEMA QUE SOLUCIONA:

A tireóide é uma glândula do sistema endócrino constituída de dois lobos situados na região inferior do pescoço, um de cada lado da traquéia, ligados por uma fina camada de tecido denominada de ístimo.  Esta glândula produz alguns hormônios dentre os quais, a L-tiroxina (L-T4) e o L-triiodotironina (L-T3) (Stathatos, N. Medical Clinics of North America, v. 96, p. 165–173, 2012).

Estes hormônios têm ação praticamente sobre todos os órgãos do organismo humano. Entretanto, quando estes hormônios estão desbalanceados, podem ocorrer sérias complicações como delírio, insônia, anorexia, osteoporose, fraqueza muscular, fibrilação atrial, insuficiência cardíaca congestiva, tromboembolismo, estado mental alterado, colapso cardiovascular câncer e morte (Devereaux, D. and Tewelde, S. Z. Emergency Medicine Clinics of North America, v. 32, p. 277-292, 2014). 

As técnicas existentes para a detecção dos hormônios tireoidianos, como imunoensaio por quimioluminescência, imunoensaio por fluorescência polarizada, enzima imunoensaio, ensaio imunoabsorvente ligado à enzima (ELISA) e radioimunoensaio, dependem de mão de obra qualificada e um maior tempo de análise. Estas técnicas demandam mão de obra qualificada, preparo de amostra e apresentam alto custo.  


SOLUÇÃO APRESENTADA:

O presente pedido de patente de invenção apresenta uma metodologia de construção de uma plataforma baseada em eletrodo modificado com um derivado de grafeno e um polímero para detecção do hormônio tireoidiano L-triiodotironina.


PRINCIPAIS VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

Esta invenção apresenta várias vantagens como alta sensibilidade, portabilidade e utilização de volume reduzido de amostra.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO:

Em funcionamento/escala laboratorial.


TITULARES:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA - UFU

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MINAS GERAIS - FAPEMIG


NÚMERO DO PROCESSO DO INPI:

BR 10 2016 029108 9


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

Núcleo de Inovação Tecnológica da UFU: atendimento@intelecto.ufu.br

Departamento de Proteção e Transferência de Conhecimento da FAPEMIG: dpt@fapemig.br


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente de invenção na íntegra aqui.