Declaração de bolsista disponível pelo Everest

Vanessa Fagundes - 09-11-2023
2493

Precisa comprovar ser bolsista FAPEMIG ou ter recebido, em algum momento, bolsa da agência mineira de fomento à ciência, tecnologia e inovação? O processo é muito simples e pode ser realizado diretamente pelo sistema Everest.

Para quem é bolsista atualmente, ou recebeu bolsa a partir de 2014, basta acessar o Everest e, no menu superior, selecionar Usuários / Histórico de bolsas recebidas. Ao aparecer a listagem de bolsas já recebidas da FAPEMIG, clique no ícone impressora, no campo Declaração.

No caso de bolsas mais antigas, recebidas antes de 2014, a orientação é solicitar o documento, primeiro, na instituição executora (universidade ou centro de pesquisa onde desenvolveu suas atividades). Caso não tenha sucesso, é possível enviar o pedido por meio do Fale Conosco da FAPEMIG, informando o nome completo, CPF, número do processo da bolsa e endereço atualizado.

O chefe do Departamento do Programa de Bolsas e Eventos Técnicos, Jurcimar Ferreira Martins, destaca que os pedidos de declaração de bolsa para a FAPEMIG são procedimentos comuns e fundamentais para os bolsistas. “Essa documentação é frequentemente necessária para diversos fins, como comprovação de renda, participação em eventos acadêmicos ou solicitações externas, como concurso públicos e progressão na carreira. A declaração não apenas valida a condição de beneficiário da bolsa, mas também confirma o comprometimento do bolsista com a pesquisa e sua contribuição para o avanço do conhecimento em sua área”.

Ele destaca, ainda, a simplificação e transparência do processo. “Isso reforça a integridade e a credibilidade dos programas de bolsas da FAPEMIG, estabelecendo confiança nas parcerias e colaborações que moldam nosso ambiente acadêmico” diz.

Clicando aqui é possível assistir a um vídeo tutorial sobre o tema.

Formação de pesquisadores
A capacitação de pessoas para a pesquisa científica, tecnológica e de inovação faz parte das atribuições da FAPEMIG, sendo uma de suas principais linhas de fomento. A Fundação mantém um “cardápio” completo de bolsas, quem contempla todas as etapas da formação de um cientista. As modalidades disponíveis são destinadas desde a alunos do ensino médio (bolsas BIC Jr.) até pesquisadores no pós-doutorado.

Em 2023, mais de 6.800 bolsas foram disponibilizadas para pesquisadores ligados a instituições sediadas em Minas Gerais. São 1.149 bolsas do tipo iniciação científica júnior (BIC Jr.), destinadas a alunos do ensino médio e profissionalizante; 2.998 bolsas de Iniciação Científica (BIC), destinadas a alunos da graduação; 1.450 bolsas para alunos de mestrado; e 1.251 bolsas para alunos de doutorado.

Outras informações sobre as modalidades concedidas pela FAPEMIG podem ser encontradas no nosso site.