Após quatro anos, Fala Ciência volta ao presencial

Júlia Rodrigues - 30-11-2023
945

Na tarde de ontem (29), aconteceu a 12° edição do Fala Ciência. Uma realização da Rede Mineira de Comunicação Científica (RMCC), o curso é destinado a jornalistas, cientistas, professores, divulgadores e entusiastas da comunicação pública da ciência. Pela primeira vez, após o período pandêmico, o evento ocorreu no formato híbrido sendo transmitido ao vivo pelo canal do Fala Ciência no YouTube do auditório da FAPEMIG, em Belo Horizonte.

O evento foi conduzido pela coordenação da RMCC formada hoje por Daniel Fernando Bovolenta Ovilgi, da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Maria José Nogueira, da Escola de Saúde Pública de Minas Gerais (ESP-MG), Samantha Mapa, da Fundação Christiano Ottoni (FCO) e Silvio Bento, da Fiocruz Minas.

“A gente vem de quatro anos de um formato online e dessa vez decidimos fazer o formato híbrido buscando a possibilidade de trazer de volta algumas atividades presenciais, mas sem perder a conexão com as redes”, conta Samatha Mapa. Para Maria José Nogueira, o Fala Ciência é uma oportunidade criada pela Rede que permite aos seus membros uma troca de saberes e experiências  nesse âmbito da comunicação pública da ciência.

Fonte: Samantha Mapa/ RMCC

Em um primeiro momento, foram apresentados os resultados do Formulário Diagnóstico RMCC 2023. A pesquisa apresentou uma análise do perfil dos integrantes da Rede com informações como gênero, cor, instituição pertencente, distribuição geográfica, formação, perspectivas para as próximas ações, temáticas a serem pautadas e principais avanços consolidados . “Este diagnóstico é o início. Temos algumas etapas para vencer em 2024 em termos de integração e este é um passo inicial pare repensar a forma de atuação da Rede”, comentou Samantha.

Nesta edição, a Rede conheceu seus novos membros, a equipe da Universidade Federal de Itajubá e membros do Instituto Sua Ciência (ISC), envolvidos no projeto Uai, me conta. A subcoordenadora do projeto, Uai me conta, Juliana Fedoce, ministrou a palestra Quem paga pela comunicação pública da ciência?  Na sua apresentação, explicou a história e atuação do ICS seus objetivos além dos resultados preliminares do projeto Uai, me conta.
            
Leia também Projeto propõe rede de divulgação científica em MG

A professora e estrategista de marca, Ana Carolina A. Souza, apresentou uma palestra sobre a transmidia e as possibilidades de aplicação na prática para a divulgação científica. Em sua participação, Ana deu exemplos de divulgadores científicos que já utilizam a estratégia transmidiática no planejamento de conteúdo e orientou sobre como utilizá-la de maneira envolvente, expansiva e interessante, além de citar ferramentas possíveis.

Confira o 12° Fala Ciência já disponível no YouTube 


Rede Mineira de Comunicação da Ciência 


Idealizada em 2014, no âmbito da FAPEMIG, a RMCC foi criada com o objetivo de agrupar e fortalecer instituições mineiras na missão de promover a divulgação científica no Estado. Hoje, congrega mais de 20 instituições e  desenvolve iniciativas que visam publicitar os avanços da ciência, tecnologia e inovação,  promover estudos e buscar a constante especialização  da comunidade de divulgadores científicos.

A Rede está envolvida na realização de projetos como o evento internacional “Pint of Science”, o “Comunica Ciência: Encontro Mineiro de Pesquisadores e Jornalistas”, da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e a “Ciência de Fazemos”, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

O Fala Ciência é um evento anual e já contou com a participação de importantes nomes da divulgação científica como Átila Iamarino, Sabine Righetti, Natália Pasternak, Reinaldo Lopes, Yurij Castelfranchi, Germana Barata, Natasha Felizi e Bernardo Esteves. Edições anteriores do curso também estão disponíveis no canal YouTube do Fala Ciência.