FAPEMIG recebe novos conselheiros

Vanessa Fagundes - 08-08-2019
287


Paulo Beirão, diretor de CT&I; João Canela, presidente do Conselho Curador; Marília Melo e Trazilbo de Paula, novos membros do Conselho Curador; Evaldo Vilela, presidente da FAPEMIG; e Thiago Borges, diretor de Planejamento, Gestão e Finanças (Foto: João Oliveira)


O Conselho Curador da FAPEMIG recebeu, nesta quinta (8), dois novos conselheiros. Marília Melo, diretora geral do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), e Trazilbo José de Paula Jr., diretor de operações técnicas da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), assumiram para um mandato de quatro anos. Ambos assumem vagas destinadas a representantes de instituições estaduais.

O presidente do Conselho Curador, João dos Reis Canela, deu as boas-vindas aos novos integrantes do grupo, chamando atenção para o papel do órgão em delinear, discutir e recomendar políticas públicas para a área de ciência, tecnologia e inovação no Estado por meio do fomento. O presidente da FAPEMIG, Evaldo Ferreira Vilela, completou falando sobre a importância do trabalho desenvolvido pelo Conselho Curador para fortalecer a FAPEMIG como instituição estratégica para as políticas do Estado.

Marília Melo agradeceu a recepção e enfatizou sua crença na importância do incentivo à pesquisa para o desenvolvimento do Estado. “É uma grande honra para mim passar a fazer parte deste Conselho. Sempre acreditei na ciência, na tecnologia, na inovação e tenho trilhado minha vida profissional sem nunca me distanciar da academia, porque acredito que, sem ciência e tecnologia não há desenvolvimento econômico e social”, afirmou. 

Trazilbo de Paula mencionou sua longa história com a FAPEMIG, pois já foi usuário da Fundação (tendo recebido financiamento para pesquisas, bolsas, entre outras modalidades), membro da Câmara de Assessoramento na área de Ciências Agrárias (CAG) e, agora, assume no Conselho Curador. “Como membro do Conselho, o olhar é diferente, voltado para políticas públicas do Estado como um todo”, diz. Ele também agradeceu as boas-vindas, mencionando a alegria em fazer parte do órgão colegiado. 


Homenagem
Além de receber os novos membros, o Conselho Curador também prestou homenagem a três ex-conselheiros: Clélio Campolina, ex-reitor da UFMG; Roberto Nascimento, ex-presidente da Fundação João Pinheiro; e Nilda de Fátima Ferreira Soares, atual presidente da Epamig. Eles receberam os agradecimentos do grupo pelo trabalho desenvolvido no Conselho Curador da FAPEMIG.

Os ex-conselheiros Roberto Nascimento, Nilda Soares e Clélio Campolina foram homenageados pelo trabalho realizado no Conselho Curador da FAPEMIG (Foto: João Oliveira)


O Conselho Curador é o órgão colegiado de deliberação superior e de formulação das diretrizes da Fundação. De acordo com o Decreto 47.176, de 18 de abril de 2017, compete ao Conselho Curador definir a política geral da Fundação, deliberar sobre o manual, o plano de ação e o orçamento anual do instituto, bem como julgar as contas do exercício anterior e orientar a política patrimonial e financeira da FAPEMIG, entre outras atribuições.


Formado por 12 membros, os conselheiros têm mandato de quatro anos, sem possibilidade de recondução. Quatro membros são escolhidos dentre os indicados em listas tríplices organizadas pelos institutos de pesquisa e pelas instituições de ensino superior com sede no Estado e vinculadas ao Governo Federal; Quatro membros são escolhidos dentre os indicados em listas tríplices organizadas pelas entidades de pesquisa e instituições de ensino superior vinculadas à administração pública estadual; e quatro membros são escolhidos entre pessoas de ilibada reputação, sendo dois provenientes do setor empresarial e dois de grande experiência e saber científico e tecnológico.


Experiência

Marília Melo possui graduação em Engenharia civil pela Universidade Federal de Minas Gerais (2002), especialização em Gestão com ênfase em negócios pela Fundação Dom Cabral (2009), mestrado em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG (2006) e doutorado em Recursos Hídricos pelo Programa de Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - COPPE/UFRJ (2016). Atualmente é professora e coordenadora do mestrado da Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações, professor da Escola de Engenharia Kennedy e diretora geral do Instituto Mineiro de Gestão das Águas. Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, atuando principalmente nos seguintes temas: recursos hídricos, hidrologia, hidráulica, gestão ambiental e gestão pública.

Trazilbo José de Paula Jr. possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1988), mestrado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa (1992) e doutorado em Plant Pathology (Horticulture) na Universität Hannover (Alemanha) - Institute of Plant Diseases and Plant Protection (2002). Sua principal área de atuação é com a cultura do feijoeiro, com ênfase em Fitopatologia (manejo integrado de doenças e melhoramento visando resistência a doenças). Foi Chefe do Centro de Pesquisa da Unidade Regional EPAMIG Zona da Mata (2009-2010) e Chefe do Departamento de Pesquisa da EPAMIG (2013-2015). Atua como Editor de Seção da revista Tropical Plant Pathology (Sociedade Brasileira de Fitopatologia). Atualmente ocupa o cargo de Diretor de Operações Técnicas da EPAMIG. É Bolsista de Produtividade do CNPq.