FAPEMIG na inauguração do primeiro espaço 5G do Estado

Tatiana Nepomuceno - 05-09-2019
313

Hoje (5/9), o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), Evaldo Vilela, participou da inauguração do primeiro espaço 5G implantado no Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), em Santa Rita do Sapucaí, região considerada polo tecnológico de Minas Gerais.

Para Vilela, investir em tecnologia resulta no desenvolvimento de soluções para os pequenos e grandes problemas sociais. “Afinal, são as grandes transformações produzidas pelas empresas inovadoras que contribuem decididamente para o desenvolvimento econômico de Minas Gerais.”, aponta. 

O novo empreendimento tem como objetivo o desenvolvimento do ecossistema de soluções e experimentação na região. De acordo com o Inatel, a opção por habilitar a rede 5G, em parceria com instituições de ensino, tem o objetivo de promover o conhecimento e demonstrar o poder transformador dessa próxima onda tecnológica em um ambiente de troca inovador, como o Inatel e a cidade de Santa Rita do Sapucaí.

Na oportunidade, o governador Romeu Zema lembrou a recente visita realizada na FAPEMIG, para o lançamento do Centelha e apresentação dos resultados do Tecnova, e ressaltou a importância em se investir em tecnologia para o desenvolvimento do Estado. "Sei da grande potencialidade que a tecnologia possui, tanto para ajudar o setor público como o privado, seja na educação, saúde e na segurança e este protagonismo será cada vez maior.", pondera.

FAPEMIG e Vale do Silício brasileiro

Santa Rita do Sapucaí, também é conhecida como Vale da Eletrônica ou Vale do Silício brasileiro, em alusão à região da baía de São Francisco, na Califórnia, nos Estados Unidos. Atualmente, centenas de empresas na área de tecnologia atuam na região e geram milhares de empregos

Umas das grandes apoiadoras, para que a região prospere e se desenvolva, é a FAPEMIG. A Fundação financia, por meio de suas modalidades de apoio, projetos desenvolvidos em instituições de pesquisa e em empresas sediadas no município. Como exemplo são destaques o Irriplus (controlador eletrônico para irrigação com variação controlada de vazão e pressão da água), desenvolvido pela empresa Irritron, e o Sistema inteligente para iluminação pública, da empresa PD Soluções. 

Ambos os projetos foram desenvolvidos por meio do Tecnova - Programa de apoio à inovação tecnológica em microempresas e empresas de pequeno porte em Minas Gerais, lançado pela FAPEMIG. Este programa investiu um total de R$13 milhões em projetos inovadores de micro e pequenas empresas localizadas em 14 municípios mineiros.

Seus resultados foram apresentados na quinta-feira (29/8), em solenidade realizada na FAPEMIG que contou com as presenças do governador Romeu Zema e do ministro do MCTIC, Astronauta Marcos Pontes. Um catálogo com outras informações sobre o programa e os resultados está disponível aqui