Retificação: Resultado da chamada Santos Dumont

Téo Scalioni - 16-12-2019
647

*Retificação do dia 16/12/2019

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG) divulgou hoje o resultado do programa Santos Dumont (06/2019) A chamada tem como objetivo financiar projetos de iniciação tecnológica, que permitam estudantes aplicar as teorias aprendidas em sala de aula em projetos de cunho prático e/ou participar de competições tecnológicas de caráter educacional. Ao todo serão investidos R$1,6 milhão nas propostas, sendo que cada uma não poderá ultrapassar o valor de R$ 80 mil. Dentre os itens financiáveis estão equipamentos, softwares, passagens e diárias.

O ponto forte da chamada Santos Dumont é justamente fazer com que esses alunos possam colocar em prática projetos desenvolvidos nas universidades. Nesta edição, 23 projetos de diferentes universidades mineiras em diversos segmentos foram aprovados. Tanto projetos ligados à área de engenharia como o de Construção De Aeronave Remotamente Pilotada (Arp) com Até 20Kg, da Universidade Federal de Lavras (UFLA), quanto da área tecnológica como o projeto de Uso da Inteligência Artificial para competições e divulgações científicas: equipe Niasia, da Universidade Federal de Viçosa (UFV). E justamente falando em competições, muitos projetos recebem apoio para participarem de competições e disputas pelo Brasil e o mundo.

“A expectativa é que diversas ideias criativas e inovadoras sejam beneficiadas de todas as Instituições Cientificas e de Tecnologia de Minas Gerais (ICTs MG)”, afirma o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) da FAPEMIG, Paulo Sergio Lacerda Beirão. Segundo ele, com o Programa Santos Dumont, espera-se que de dentro das universidades mineiras apareçam vários projetos interessantes para que possam não apenas participar de competições como também se destacarem e ganhar prêmios

A primeira edição do Programa Santos Dumont teve início em dezembro de 2005 e foi concluída um ano depois. A segunda chamada foi lançada em 2012, quando 30 projetos de diferentes instituições do todo Estado foram aprovados. Para este ano, com a divulgação dos resultados, todas as instituições que tiveram as propostas aprovadas deverão atualizar seu credenciamento junto à FAPEMIG até 10 dias corridos após publicação, sob pena de desclassificação da proposta. A Fundação também afirma que eventuais situações de inadimplência de coordenadores com a instituição devem ser sanadas em até 15 dias após a publicação do resultado.

Confira aqui a lista dos aprovados.