FAPEMIG mapeia empresas dispostas a parcerias para soluções no combate ao Coronavírus

Assessoria de Comunicação Confap - 23-03-2020
813

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), diante da pandemia provocada pelo Coronavírus, identificou e listou algumas empresas parceiras e associadas à Fundação que podem oferecer soluções e realizar parcerias com o setor público e privado para o diagnóstico e combate ao Coronavírus.

A lista contém empresas nacionais e internacionais, e foi compartilhada com as autoridades de órgãos competentes com o objetivo de contribuir de forma emergencial no combate à pandemia.

1 – Detechta Biotecnologia S.A.  (linkedin.com/company/detechta)
Empresa de base tecnológica especializada em P,D&I para os mercados de vacina e diagnóstico in vitro (IVD). Tem como foco o desenvolvimento de proteínas recombinantes, kits de diagnósticos sorológicos e moleculares e vacinas para o mercado humano e veterinário.

Entre os kits desenvolvidos pela Detechta estão os testes rápidos e ELISA para leishmaniose  visceral, malária, chikungunya e hepatite delta. Em relação aos testes moleculares o grupo desenvolveu o PCR para leishmaniose visceral e recentemente Coronavírus (SARS-CoV- 2).

A empresa tem  interesse em desenvolver o teste rápido e a produção do teste molecular (já prototipado) para o diagnóstico da infecção com SARS-CoV-2.


2 – OrientaMED (triagemdigital.com)
Startup brasileira responsável por desenvolver um hardware para monitorar doenças de forma simples e não invasiva através do sopro. O hardware foi desenvolvido na União Europeia com investimento do governo brasileiro e europeu, o aparelho foi feito respeitando todas as normas para certificação, tanto brasileira quanto internacional (suas peças são alemãs, polonesas e chinesas).

O aparelho foi projetado para identificar infecções pulmonares e conforme os artigos científicos a pneumonia causada pelo coronavírus causa uma forte infecção pulmonar sendo capaz até mesmo de levar o doente ao óbito.

A empresa tem interesse em testar o aparelho para o coronavírus, e monitorar pessoas doentes para obter resultados sólidos da capacidade do aparelho no monitoramento da doença de forma efetiva. Já possuem parcerias para o escalonamento do produto e também distribuidor no Brasil. E precisa de investimento para os testes clínicos.


3 – BioAlbra   (bioalbra.gandi.ws)
Empresa de base tecnológica que pode auxiliar na alavancagem da produção de kits diagnósticos para a detecção do Coronavírus no Brasil.

Atua com importação de insumos para pesquisa e produção de produtos biotecnológicos. Possui um fornecedor estrangeiro de kits de diagnóstico sorológico (teste rápido, IgG/IgM) e kits moleculares (qRT-PCR) para o SARS-CoV-2. Além disso, também possui fornecedores de insumos necessários para a produção de kit nacionais.


4 – ALTONA Diagnostics  (altona-diagnostics.com)
Empresa Alemã , com representantes em vários países do mundo, incluindo o Brasil, que desenvolve e comercializa ativamente novos ensaios de diagnóstico molecular – rápidos, flexíveis e confiáveis – como resposta a doenças infecciosas comuns e emergentes.

Possui o kit RealStar SARS-CoV-2  RT-PCR Kit 1.0. Trata-se de um kit aberto e pronto para uso que pode ser utilizado com diferentes termocicladores encontrados em laboratórios de Biologia Molecular.


5 – iBench (www.ibench.com.br)
A iBench é uma plataforma dedicada à ciência, que busca digitalizar toda a gestão laboratorial. Possui um site (iBenchMarket) que conecta fornecedores de reagentes e equipamentos laboratoriais com os laboratórios de pesquisa, tornando as compras totalmente online, rápida, simples e muito mais segura para ambos os lados. Possui fornecedores prontos para fornecer reagentes e insumos na luta contra a Covid-19.


6 – Vyttra Diagnósticos (vyttra.com)
Empresa especializada na fabricação e distribuição de equipamentos e reagentes para o mercado de diagnóstico in vitro.

Oferece a Solução Vyttra – SNIBE para detecção precoce do Covid-19, cujo os resultados saem em 30 minutos utilizando processo totalmente automatizado em equipamentos de alta performance.


Possui dois kits, que são imunoensaios de quimioluminescência in vitro para a determinação qualitativa de anticorpos IgM para Coronavírus (2019-nCoV IgM) e anticorpos IgG para Coronavírus (2019-nCoV IgG) em soro ou plasma humano usando o analisador totalmente automático da Série MAGLUMI.


7 – Scienco (scienco.bio.br) 
Empresa nacional que produz insumos para a indústria de diagnóstico in vitro, como TMB pronto para uso para fabricação de de kits de ELISA, Estreptavidina e Estreptavidina HRP.

A empresas se disponibilizou para o desenvolvimento de soluções para o diagnóstico do Coronavírus.


8 – PEPperPRINT   (pepperprint.com)
Empresa alemã que trabalha com a produção de teste diagnóstico para o Coronavírus. A empresa possui uma plataforma tecnológica para a detecção de alta resolução da resposta humoral em pacientes infectados pelo SARS-CoV-2.

Logo após o início da pandemia na China, e com os dados de sequenciamento do vírus de Wuhan em mãos, desenvolveram um chip a pedido da Organização Mundial da Saúde (OMS) contendo o proteoma completo do vírus. A plataforma possibilita a visualização de cada um dos anticorpos específicos para o vírus e o mapeamento de seus respectivos epítopos ao longo de todo o proteoma. Além disso, ainda pode detectar dois isotipos de imunoglobulina simultaneamente, por exemplo IgG e de IgM ou também IgA.

A empresa está interessada em colaborar com empresas e instituições brasileiras no desenvolvimento e produção de um teste sorológico.


9 – Recombine Biotech (linkedin.com/company/recombine-biotech)
Startup de desenvolvimento e produção de diagnósticos, incubada no TecnoParq–UFV e vinculada à Biominas HUB.

Desenvolve diagnóstico por ELISA para Leishmaniose Visceral Canina e participa do desenvolvimento de diagnóstico para leptospirose. Tem know-how em desenho de novos antígenos, desenvolvimento e produção de diagnósticos.

A startup está disposta em colaborar com os diagnósticos para o Coronavírus.