Presidente da FAPEMIG assume CNPq

Vanessa Fagundes - 17-04-2020
2171



*Atualização em 20/4/20:
Acontece hoje (20), em Brasília-DF, a posse de Evaldo Ferreira Vilela como novo presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A cerimônia será transmitida ao vivo, a partir das 11h, no canal do YouTube do MCTIC: https://www.youtube.com/mctic


Evaldo Ferreira Vilela, presidente da FAPEMIG, acaba de ser nomeado para assumir o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A nomeação foi publicada hoje, 17, no Diário Oficial da União.

“Para um pesquisador, como eu, ser indicado para a presidência do CNPq é uma honra grande. Na ciência, não se trabalha por dinheiro, mas sim pela colaboração coletiva, pelo prestígio, pela crença de que a ciência é fundamental para o desenvolvimento da sociedade. É uma militância apaixonada. Vou com a proposta de agregar a comunidade científica e lutar para o entendimento sobre a importância da ciência”.

Sobre a FAPEMIG, Vilela diz que, mesmo à distância, continuará a cuidar da agência mineira. “A FAPEMIG ainda tem muitos desafios pela frente, mas tenho certeza de que o governo, o Conselho Curador da instituição e a equipe de colaboradores escolherão a melhor estratégia para preservar sua atuação e recuperar sua importância no cenário estadual e nacional”. O diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Sérgio Lacerda Beirão, assumirá, interinamente, a presidência da FAPEMIG.

Currículo
Formado em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa, Vilela é mestre em Entomologia pela USP e doutor em Ecologia pela Universidade de Southampton, Inglaterra. Realizou estágios de pós-doutoramento nas Universidades: da Califórnia-Berkeley (EUA), de Nuremberg-Erlangen (Alemanha) e Tsukuba, Japão.

Foi Presidente da Sociedade Entomológica do Brasil e da Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências. Foi membro da CTNBio/MCTI. Atua em Comitês de Assessoramento do CNPq, Capes e Finep. Foi reitor da Universidade Federal de Viçosa - UFV (2000 a 2004) e diretor da Fundação Arthur Bernardes - Funarbe (1994 a 1999).

Foi Secretário Adjunto de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (2007 – 2014) e Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – FAPEMIG (março a dezembro de 2014). Assumiu a presidência da FAPEMIG em 2015, cargo que ocupava até o momento. É, também, presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa - Confap.