Lemonade anuncia startups finalistas da 16ª edição

Assessoria de comunicação/ Lemonade - 23-06-2020
424

O Lemonade, um dos principais programas de aceleração de negócios em estágio inicial do Brasil, vai anunciar as startups finalistas de sua 16ª edição na próxima quinta-feira, dia 25. Promovida pela Fundep e pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a iniciativa tem o objetivo de desenvolver empreendedores com propósito e transformar ideias em negócios de alto impacto.

Em 2020, o programa completa cinco anos de fomento ao ecossistema de empreendedorismo e inovação, conectando novas tecnologias com o mercado. São mais de 390 startups aceleradas, cerca de 1,5 mil empreendedores formados e mais de 22 mil pessoas impactadas em diversas cidades do país, como Belo Horizonte, Brasília, além do interior. “O Lemonade é a realização do sonho de várias pessoas que acreditam na transformação do país pela inovação. Com nossa metodologia de aceleração de negócios, atraímos mais de R$6 milhões em investimento”, afirma Ramon Azevedo, diretor da Fundep.

Uma das startups finalistas da primeira edição do Lemonade, a Kornerz conecta empresas com influenciadores digitais para aproveitar as tendências do mercado. Como premiação de seu desempenho no programa, a startup recebeu um aporte inicial da agência de investimentos da Fundep, a Fundepar. Em 2018, a empresa conquistou a 11ª colocação no Ranking 100 Open Startups e 3º lugar no Top 5 de Marketing – ambos os títulos são da 100 Open Startups, plataforma global que avalia negócios em estágio inicial. “No Lemonade, tivemos acesso a mentorias, palestras e conteúdos que auxiliaram nosso desenvolvimento como empreendedores e nos inseriram em um ecossistema que realmente quer fazer diferença por meio da inovação”, relata Khalil Jezini, CEO da Kornerz.

Edição totalmente digital com foco em ciência

Na 16º edição, o programa se adaptou ao cenário imposto pela Covid-19 e realizou suas dinâmicas 100% online. A transformação digital garantiu segurança a todos os participantes, flexibilidade para o acompanhamento das atividades, além da expansão de sua rede de fomento ao empreendedorismo. “Rompendo a barreira física, conseguimos convidar mentores e palestrantes de outras cidades e estados. Nossa rede já consolidada de cerca de 300 profissionais se estendeu a outras rotas de inovação do país, proporcionando apoio diferenciado às startups”, ressalta Felipe Torquetti, Marketing do Lemonade.

Para a participante Ludmila Baltazar, sócia-fundadora da startup Micologistas Associados, formada por professores e alunos da UFMG para a identificação de fungos, o formato online incentivou a participação de toda a equipe. “Houve uma otimização do nosso tempo para acompanhar e participar de todas as dinâmicas do programa, o que talvez não fosse possível no formato presencial. O Lemonade ajustou seu cronograma, criou canais de contato para estimular a conexão entre participantes e profissionais e estimulou a pesquisa sobre inovação e empreendedorismo”, ressalta.

Outra novidade da edição foi a aproximação com o ambiente acadêmico e científico. “Nas últimas iniciativas, levantamos os desafios que as universidades enfrentam para conectar suas soluções com o mercado e sociedade. Assim, o programa passou por algumas adaptações para também atender às necessidades de pesquisadores com desejo de empreender suas tecnologias”, completa Felipe.

O presidente da Fundep, Alfredo Gontijo de Oliveira, destaca que o fomento à inovação e empreendedorismo dentro das universidades é fundamental para impactar a sociedade. “O Lemonade funciona como um mecanismo para que o conhecimento transborde de sua fonte básica – a universidade – para o setor comercial e produtivo.  Em cada edição do programa trazemos novidades e na 16ª consolidamos a relação com outra iniciativa da Fundep, o Outlab, que aprimora o setor comercial de laboratórios da universidade. Com uma abordagem mais sistêmica, nosso objetivo é apoiar a inovação, que gera PIB. Neste momento de pandemia, fica mais evidente a importância da relação entre academia e indústria para melhorar as condições de vida da sociedade e do país como um todo”, enfatiza o presidente.

Imersão empreendedora

O Lemonade funciona como uma jornada empreendedora gratuita com conteúdos, palestras, mentorias, workshops e bancas avaliadoras. Nesta edição, o programa adaptou suas dinâmicas ao ambiente digital e estendeu a programação para treze semanas de duração. A metodologia é dividida em duas fases: a primeira é baseada na modelagem de negócio, em que os participantes aprendem sobre validação de dor de mercado, MVP (Produto Mínimo Viável), pitch (apresentação para investidores), marketing e vendas, entre outras questões; na segunda fase, uma banca seleciona as startups com maior nível de evolução para seguirem aprendendo conteúdos sobre desenvolvimento de produto, iniciação no mercado, planejamento estratégico, planejamento financeiro, vendas, entre outros temas.

Soma-se à metodologia, a participação de mentores e palestrantes com experiência no mercado de tecnologia e inovação, além da facilitação da equipe de agentes do Lemonade que acompanha todo o processo de aceleração, auxiliando os empreendedores nos seus desafios e realizações diárias. 

Anúncio das startups finalistas

Das 30 equipes selecionadas para a 16ª edição, 17 permanecem na segunda fase do programa e podem ser destaque no Demoday – evento para que as startups finalistas tenham a oportunidade de apresentar ao mercado, sociedade e investidores, a evolução alcançada na aceleração e suas perspectivas de sucesso.

O Demoday do Lemonade 16 será realizado online no dia 25 de junho, das 16h às 18h, pelo canal do programa no YouTube. A participação é aberta ao público e os interessados podem confirmar a presença na plataforma do Santander X.

O Lemonade é co-realizado pela Coordenadoria de Transferência e Inovação Tecnológica (CTIT – UFMG), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG) e pela agência de investimentos Fundepar; tem patrocínio do Santander Universidades; e conta com o apoio do Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BH-TEC), do hub de inovação em bionegócios BiotechTown e da Cervejaria Sátira.


Demoday do Lemonade - Edição 16

Anúncio das startups finalistas | evento online, aberto ao público e gratuito

Data: 25 de junho

Horário: 16h às 18h

Transmissão ao vivo pelo YouTube

Inscrições pela plataforma do Santander X