Hackathon da Nasa busca soluções de problemas de impacto mundial

Téo Scalioni - 18-09-2020
233

Já está marcado o Space Apps Challenge, autointitulado o maior hackathon – maratona de programação - do mundo e das galáxias. Utilizando dados abertos da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa), o evento acontece, simultaneamente, em 80 países, incluindo o Brasil. No país, 20 cidades recebem o evento, dentre elas,  Belo Horizonte. Agendado para o final de semana dos dias 2 a 4 de outubro, o Space Apps entra em sua 10ª edição e, neste ano, por conta da pandemia, será realizado online.   

No total, as equipes terão 48h para resolverem, de forma colaborativa, desafios para problemas de impacto mundial. Além de acontecer no mesmo horário em localidades distintas, o diferencial do Space Apps é possibilitar o uso da base de dados das agências espaciais americanas, europeias e japonesas como recursos disponíveis para as equipes.   

“Imagine acessar informações muito relevantes para decidir algo que pode transformar o futuro. Até onde você acha que poderia chegar em 48 horas?”, provoca Daniel Sant´Anna Pereira, co-founder da Innventto, startup parceira da Space Apps que apoia na organização do evento em BH buscando aprimorar a experiência dos participantes locais.

Segundo Daniel, trata-se de uma oportunidade para pessoas contribuírem de forma colaborativa, refletindo sobre problemas reais. Para ele, ampliar a comunidade do Space Apps é conectar esses talentos resolvedores de problemas de impacto ao conhecimento gerado pela ciência e tecnologia. 

Para essa edição, os líderes locais voluntários se uniram com a missão de fomentar o empreendedorismo, ciência e inovação aberta e contribuir para a transformação da educação, formando assim a comunidade Space Labs Brazil. Isso irá acontecer por meio do envolvimento de instituições de ensino, instituições de fomento à inovação e empresas líderes na área de tecnologia e inovação. Assim, toda a comunidade irá buscar facilitar a visibilidade e o acesso a oportunidades mundiais para talentos brasileiros.

Desafios que importam 
Criar soluções de impacto e testar hipóteses para problemas que afetam a humanidade são desafios das equipes que apresentam o projeto para o comitê local e têm a chance de serem avaliados pela banca de experts da Nasa. Dentre as propostas estão: melhorar a vida no planeta, reduzir riscos causados por catástrofes naturais, sustentabilidade do planeta, impacto econômico, desigualdade social e inclusão. Ao todo, serão 22 desafios organizados em sete categorias em que as equipes escolhem para desenvolver as ideias.

O evento é para estudantes, cientistas, designers, storytellers, engenheiros, físicos, artistas e pessoas movidas pela curiosidade como energia para resolver problemas. Quanto maior a diversidade, mais relevante a comunidade e as soluções criadas.

As inscrições podem ser feitas gratuitamente entre os dias 15/09 e 29/09 disponível no site da comunidade Space Labs Brazil ou na página oficial do evento local de Belo Horizonte. www.spacelabsbrazil.com