Final brasileira do FameLab 2020 será transmitida pela TV Cultura

Assessoria de Comunicação / Confap - 12-11-2020
219


(Foto: reprodução British Council Brasil)

Lançado em 2005 pelo Festival de Ciência de Cheltenham, na Inglaterra, o  FameLab é realizado em 32 países e, é considerada hoje, uma das maiores competições de comunicação científica do mundo. A final nacional da competição de 2020 será transmitida pela primeira vez em rede nacional, pela TV Cultura, no dia 15 de novembro (domingo), às 15h, com apresentação de Marcelo Tas.

No Brasil, o FameLab é organizado pelo British Council Brasil em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp). A FAPEMIG apoia a iniciativa via Confap.

Para participar da competição, na primeira etapa pesquisadores de todas as regiões do Brasil, das áreas de Ciências da Vida ou Ciências Exatas, Tecnológicas e Engenharias, produziram um vídeo de três minutos apresentando um conceito científico ou tecnológico e seus impactos no cotidiano das pessoas.

Em 2020, a 4ª edição da competição no Brasil, teve 118 inscritos, e 30 foram selecionados para a semifinal. Antes de se apresentarem diante de um comitê avaliador e para convidados, receberam treinamentos em comunicação científica ministrados por Ronaldo Christofoletti, biólogo do Instituto do Mar (Imar) da Unifesp e especialista em comunicação científica; pela treinadora britânica Wendy Sadler, comunicadora e conferencista científica britânica da Cardiff University; e por Guilherme Defante Telles, vencedor do FameLab Brasil 2018. Em seguida, os 10 melhores trabalhos disputarão a final e a oportunidade de representar o Brasil no FameLab internacional.

Jurados da semifinal
- Felipe Castanhari,  youtuber, conhecido por apresentar o canal Nostalgia. Atualmente, apresenta a série  Mundo Mistério na Netflix.

- Arquimedes Belo Paiva, doutor em ciências sociais pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Brasília e coordenador do programa temático de divulgação científica do CNPq.

- Carla Tieppo, neurocientista, doutora em neurofarmacologia pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo.

- Simone Evaristo, bióloga citotecnologista no Instituto Nacional de Câncer do Ministério da Saúde.

Jurados da final
Luiz Mello, diretor científico da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).

- Odir Dellagostin, presidente do CONFAP (Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa).

- Mariluce Moura, jornalista, criadora de uma das mais importantes revistas de divulgação científica brasileira, a Pesquisa Fapesp, que dirigiu entre os anos de 1999 e 2014.

- Regiane Relva Romano, assessora especial no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), professora-doutora na Fundação Getúlio Vargas e na Fundação Instituto de Administração (FIA/USP) e especialista em Inovação e Tecnologia.

Saiba mais sobre o Famelab em: www.britishcouncil.org.br/famelab