Startup que faz a roteirização do transporte chega a BH

Téo Scalioni - 04-12-2020
769

O Quicko App, primeiro aplicativo roteirizador intermodal gratuito do mercado brasileiro, já está à disposição dos moradores da região de Belo Horizonte. Depois de São Paulo e Rio de Janeiro, agora, os usuários de transporte público da capital mineira poderão achar caminhos mais rápidos e econômicos e combinar diferentes modais públicos e privados, como ônibus, metrô e serviços de carros por aplicativo (Uber e 99), para tornar a jornada mais conveniente. 

Disponível para Android e iOS, o aplicativo permite saber a localização exata dos pontos de ônibus e as estações de metrô, além dos horários em tempo real para partida e chegada de cada linha dos coletivos. Os usuários também têm acesso à Central de Notificações, com as principais notícias sobre o sistema de transporte público e outros assuntos relevantes para quem se desloca pelas cidades. Com a ferramenta, podem saber se há mudanças ou intervenções nas linhas de ônibus ou metrô. A central pode ser acessada diretamente no aplicativo, além de possibilitar verificar as orientações sobre medidas de segurança para o uso do transporte público e de outros modais em meio à pandemia do novo coronavírus.

Conforme conta a head de expansão da Quicko, Carolina Rodrigues, o aplicativo é um marketplace de serviços de mobilidade e conveniência que nasceu para melhorar a experiência das pessoas nos deslocamentos pelas cidades. Ele funciona como um roteirizador que combina diferentes tipos de modais públicos e privados. Segundo ela, além disso, o Quicko App passou a oferecer o recurso que possibilita o apontamento e a visualização de eventualidades e ocorrências nos trajetos, como lotação, atraso ou lentidão, parada inesperada, além da possibilidade de avaliar o motorista e as condições do veículo. “Também permite que os usuários compartilhem informações da sua rota com amigos e familiares, como horário de embarque, local de saída e destino, linha embarcada e a previsão de chegada”, afirma. 

Carolina salienta que a Quicko APP nasceu da insatisfação generalizada das pessoas com os deslocamentos diários, cheio de incertezas, imprevistos e desconfortos. De acordo com ela, a proposta do aplicativo é gerar valor para os parceiros. “A nossa missão é trabalhar como um marketplace e plataforma de mídia, sendo um novo canal de mídia para produtos e serviços”, explica Carolina, observando que o modelo de negócio do app é ser uma plataforma de mídia no qual pode comercializar espaços publicitários.  “Hoje já estamos com parcerias estratégicas para oferecer mais soluções de conveniência, como empresas de aluguel de bicicletas compartilhados e de transporte individual por aplicativo”, exemplifica. 

Em terras mineiras 

Sobre  o novo desafio em atuar em Minas Gerais, Carolina acredita que a Grande BH é uma das regiões metropolitanas mais importantes do país e possui um transporte público complexo, unindo linhas de ônibus, estações de metrô e aplicativos de ride-hailing, como Uber e 99.Por isso, optaram em escolher a cidade como a terceira localidade para o início da operação. “A nossa expectativa é que o Quicko App seja o assistente pessoal de Mobilidade Urbana dos mineiros, agregando informações sobre trajetos e rotas mais convenientes, além de oferecer uma solução completa para facilitar a vida dos mineiros durante o deslocamento deles”, garante ela, que está à frente do setor de expansão da startup que viu o seu aplicativo já ultrapassar a marca de 1,3 milhão de downloads.