FAPEMIG promove seminário de avaliação de pesquisas para o SUS

Júlia Pinheiro - 10-02-2022
1371

A FAPEMIG iniciou, ontem (9), o Seminário de Avaliação Parcial das pesquisas aprovadas no Programa Pesquisa para o SUS (PPSUS) em Minas Gerais. Realizada de forma virtual, a iniciativa envolve a apresentação dos projetos de pesquisa contemplados na chamada FAPEMIG 03/2020 para uma banca de avaliadores, que examinam os objetivos pretendidos e os resultados alcançados até o momento.

Paulo Sérgio Lacerda Beirão, presidente da FAPEMIG, abriu o evento saudando as instituições parceiras presentes e reforçando a relevância do PPSUS em Minas Gerais. “O PPSUS é uma iniciativa extremamente importante para o país, e em particular para o Estado. Para a FAPEMIG, o PPSUS apresenta um modelo muito interessante, pois desenvolve pesquisas que atendem às demandas de Minas, gerando conhecimento e suprindo as carências do SUS, aliás, o maior sistema de saúde pública do mundo”.

O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti Vitor, também participou da abertura. Ele destacou o papel da FAPEMIG como agência de fomento a pesquisa e a temas relevantes e agradeceu aos pesquisadores que, com seu trabalho, ajudam a transformar as políticas públicas de saúde.

Pesquisas
Ao longo dos três dias de encontro, dezesseis projetos serão apresentados, em temas variados. Um deles é desenvolvido pelo Grupo Integrado de Pesquisas em Biomarcadores (GIPB), do Instituto René Rachou/Fiocruz Minas. Intitulada “Validação do FC-Duplex IgG1 (HTLV-½) para diagnóstico diferencial da infecção humana pelo HTLV-1 E HTLV-2", a pesquisa que investiga o vírus HTLV, associado a leucemias e doenças inflamatórias.

Outro estudo tem como foco a doença de chagas: "Reestruturação da vigilância com participação da população no quadro atual da epidemiologia e controle da doença de Chagas em Minas Gerais", desenvolvido, pelo Instituto René Rachou/Fiocruz Minas, pela Esquipe SES e Escola de Saúde Pública e pela PUC/MG examina a reestruturação da vigilância da doença de Chagas no Estado. A covid-19 também aparece dentre os temas pesquisados. O trabalho "Algoritmo para manejo clínico da covid-19 nos três níveis de atenção à saúde no SUS", da Federal de Juiz de Fora, visa a elaborar um algoritmo clínico da covid-19 que observe a ponderação dos valores de preferências para variáveis clínicas, humanísticas e econômicas no cuidado da doença.

Além desta avaliação parcial, que tem por objetivo monitorar o andamento dos projetos, está previsto um seminário final, quando serão apresentados os resultados e as conclusões das pesquisas. 


O Seminário de Avaliação Parcial dos projetos aprovados no PPSUS (chamada 03/2020) acontece de forma remota.

Programa diferenciado
O PPSUS é um programa inovador que objetiva equilibrar o fluxo de fomento à ciência, tecnologia no âmbito da saúde nos estados brasileiros, projetando atender as especificidades de cada Estado, além de reduzir as diferenças regionais. Em Minas Gerais, é promovido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), Ministério da Saúde, pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), pelo Governo do Estado de Minas Gerais, pela FAPEMIG e Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESP-MG). Saiba mais sobre o Programa aqui.