Últimas vagas para o Seminário de Inovação Centelha MG

Júlia Rodrigues - 24-02-2023
3075

Ainda dá tempo de se inscrever para o Seminário de Inovação Centelha MG! O evento ocorrerá no dia 3 de março, no auditório da FAPEMIG, das 9h às 17h. A participação é gratuita e aberta para todos interessados em empreendedorismo e inovação. Mas atenção: as vagas são limitadas e os interessados devem se inscrever pelo Sympla.

A programação inclui minicursos simultâneos oferecidos em parceria com o Sebrae MG. Das 9h30 às 10h30, é possível escolher entre "Tendências Tecnológicas", ministrado por Alessandra Simões, analista do Sebrae MG, e "Abertura de Empresas", com Mariana Oliveira, consultora jurídica do Sebrae MG. Entre 10h30 e 11h30 acontecerão os minicursos "Road Map", com Maria Duarte, gestora do Escalab, e "Planejamento de Projeto", ministrado por Narrayra Granier, da FAPEMIG.

Durante o período da tarde, acontecerá palestra do diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da FAPEMIG, Marcelo Gomes Speziali, sobre Financiamento e Inovação e o Demoday Centelha, com apresentação dos resultados dos participantes da primeira edição do Programa.

Demoday
O ponto alto do evento será o Demoday Centelha que ocorrerá às 15h. Na oportunidade, os integrantes das empresas contratadas na primeira edição do Programa apresentarão seus projetos e resultados em formato de pitch. As 13 empresas confirmadas serão avaliadas por uma mesa julgadora composta por cinco especialistas de diferentes áreas incluindo fundo de investimentos. Os três melhores pitchs receberão um troféu e certificado.

O Seminário de Inovação Centelha MG é organizado pela FAPEMIG. Ele marca o encerramento da primeira edição do Programa Centelha, iniciado em 2019. A iniciativa busca estimular o empreendedorismo inovador e apoiar ideias que incorporem novas tecnologias aos setores econômicos estratégicos do estado de Minas Gerais. O programa é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap). É operado pela Fundação CERTI e, em Minas, é executado pela FAPEMIG.