PROCESSO DE PRODUÇÃO DE AGREGADO ARTIFICIAL A PARTIR DE REJEITOS DE MINERAÇÃO, AGREGADO ARTIFICIAL, COMPOSIÇÃO DE CONCRETO E USO

IDENTIFICADOR: 198 | DATA: 08-09-2020
106

SETOR ECONÔMICO:

Mineração


BREVE DESCRIÇÃO:

A presente invenção refere-se ao processo de produção de agregado artificial a partir de rejeitos de barragens de minério. O rejeito arenoso de minério de ferro é misturado a um aglomerante e, através do processo de mistura e pelotização, forma o agregado artificial. O agregado artificial assim produzido apresenta forma esferoidal, tamanho graúdo, superfície rugosa e coloração que varia entre o rosa e o vermelho escuro. Esse agregado artificial é capaz de substituir o agregado natural, e pode ser utilizado na fabricação de um concreto mais resistente, para base e sub-base de estradas de rodagem, como elemento decorativo para jardins e canteiros, além de ser uma forma de estocagem de rejeitos de barragem de minério sob a forma de pelotas, agregando valor a estes rejeitos e reduzindo os impactos ambientais das minerações.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO DA TECNOLOGIA:

Patente obtida processo industrial concluído pronta para transferência ou sessão de direitos de utilização.


TITULARES:

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE MINAS GERAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

VALE S.A.


NÚMERO DO PROCESSO DO INPI:

BR 10 2019 022724 9


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

Departamento de Proteção e Transferência de Conhecimento da FAPEMIG: dpit@fapemig.br 

evandrodagama@gmail.com


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente de invenção na íntegra aqui.