EXTRATO DE LEVEDURA PRODUZIDO A PARTIR DA BIOMASSA OBTIDA NA BIORREMEDIAÇÃO DE SORO DE RICOTA E PROCESSO PARA SUA OBTENÇÃO

IDENTIFICADOR: 488 | DATA: 22-09-2021
144

SETOR ECONÔMICO:

Alimentos

Lácteos e Café

Biotecnologia


PROBLEMA QUE SOLUCIONA:

Tratamento e utilização de efluentes lácteos para produção de produto comercial de valor agregado.


SOLUÇÃO APRESENTADA:

Extrato de leveduras produzido a partir de efluentes lácteos, proveniente do soro da ricota.


PRINCIPAIS VANTAGENS E BENEFÍCIOS:

A presente tecnologia utiliza o soro da ricota para o cultivo de Kluyveromyces marxianus CBS 8554, que consome os açúcares e proteínas

do soro, diminuindo a carga orgânica e gerando alto rendimento de biomassa. A tecnologia, adicionalmente, utiliza desta biomassa para

produzir o extrato de levedura, um composto de alto valor agregado para indústrias, sobretudo, a indústria de alimentos. 

A utilização de microrganismos para degradação e/ou remoção da matéria orgânica nos efluentes apresentam grande eficiência, ou seja,

redução significativa dos poluentes e com menor custo, quando se comparada aos TCE (tratamento convencional de efluentes).

Juntamente com a hidrólise dos componentes orgânicos, há um crescimento significativo dos microrganismos, que permite o

reaproveitamento da biomassa.

Sendo assim, uma porção significativa do passível ambiental gerado por fábricas de laticínios, podem ser convertidas em produto de

valor agregado, utilizado como fonte exógena de nutriente de uso laboratorial, enquanto reduzem o impacto ambiental e o desperdício do

subproduto gerado da biorremediação. O bioprocesso utilizado contribuiu para a economia circular, uma vez que utilizada um co-produto

da indústria de laticínios, soro de ricota, como insumo para a produção de extrato de levedura.


POTENCIAIS E APLICAÇÕES:

Aplicação na indústria de laticínios, para produção de produto de valor agregado a partir de efluentes.


ESTÁGIO DE DESENVOLVIMENTO:

Testes em ambiente relevante.


TITULARES:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI - UFSJ


NÚMERO DO PROCESSO NO INPI:

BR1020210170190


INFORMAÇÕES PARA CONTATO:

Núcleo de Inovação Tecnológica da UFSJ: seipi@ufsj.edu.br


LINKS ÚTEIS:

Acesse o pedido de patente na íntegra aqui.