Em 35 anos, FAPEMIG capacita pessoas e transforma o Estado

Téo Scalioni - 26-05-2021
532

No mês em que a FAPEMIG celebra os seus 35 anos, vale destacar a sua importância no que se refere à capacitação de pessoas.  A Fundação estimula a formação de recursos humanos voltados para a ciência, tecnologia e inovação por meio da concessão de bolsas que contemplam todas as etapas de formação do pesquisador. Para se ter uma ideia, apenas nos últimos cinco anos, foram quase 37.500 bolsas concedidas para pesquisadores que atuam em todas as regiões de Minas Gerais.

Essas bolsas incluem aquelas vinculadas ao Programa de Apoio à Pós-Graduação (PAPG), Programa de Apoio à Iniciação Científica e Tecnológica (PIBIC), Programa de Capacitação de Recursos Humanos (PCRH), além de bolsas vinculadas a projetos de pesquisa aprovados em chamadas da FAPEMIG. De acordo com a gerente de Ciência e Tecnologia da FAPEMIG, Simone Bomtempo Rodrigues, a capacitação de pesquisadores é importante porque permite aquisição de maturidade científica por meio da acumulação de experiências e saberes. "Isso prepara os indivíduos para o mercado de trabalho no âmbito da ciência, tecnologia e inovação", diz.

Simone ressalta que, para a viabilização dos processos relacionados à concessão de bolsas, há um envolvimento de todas as áreas da FAPEMIG, desde os setores vinculados à área científica, passando pelas áreas de planejamento e gestão e financeira e, enfim, monitoramento e avaliação dos resultados. Para a gerente, trata-se de um trabalho que exige dedicação e atenção, e há todo um esforço para manter as bolsas ativas ou, ainda, na primeira oportunidade, realizar a reativação dos programas. “Mesmo em tempos tão difíceis devido à pandemia, está sendo possível, em 2021, reativar alguns programas”.

Iniciação científica 
Dentre os programas reativados, destaca-se o Programa de Iniciação Científica e Tecnológica (PIBIC), voltado para a iniciação científica, que estava suspenso desde 2019. Sua volta foi anunciada no dia 20, durante solenidade de comemoração dos 35 anos da FAPEMIG (leia mais aqui).

O programa  PIBIC tem como objetivo contribuir, por meio da iniciação de estudantes de graduação em atividades de pesquisa, para o fortalecimento e consolidação científica das instituições mineiras de pesquisa e ensino e pesquisa. O PIBIC é considerado a porta de entrada para a ciência, pois, com ele, alunos de graduação, ou mesmo do ensino médio, passam a ter o seu primeiro contato com a pesquisa. O programa representa uma importante ação para a formação de novos pesquisadores, de modo a impactar positivamente no ambiente acadêmico e científico do Estado. 

A chamada 02/2021: Seleção Pública de Adesão ao Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica (PIBIC) já recebe propostas. Outras informações podem ser obtidas aqui.

 
A chamada para o Programa PIBIC, que já aceita propostas, prevê credenciamento de 60 meses, contados a partir da celebração do convênio. (Foto: Diogo Brito/FAPEMIG)

Novidades
A FAPEMIG tem buscado, também, agilizar e simplificar processos de pagamento de bolsas. Nesse sentido, uma novidade é o Cartão BB pesquisa, implementado no mês de abril em sete instituições. Trata-se de uma parceria com o Banco do Brasil que permite o pagamento diretamente aos bolsistas.

cartão é pessoal, intransferível e livre de taxas e anuidade.  Os bolsistas contemplados estão sendo avisados, por e-mail, sobre os procedimentos necessários para ativar o cartão. É importante que todos mantenham os dados cadastrais no sistema Everest atualizados a fim de evitar atrasos no processamento junto ao Banco do Brasil.