Pint of Science acontece nesta quarta-feira no MM Gerdau

Ascom Pint of Science - 23-05-2023
796

Depois de 3 anos com encontros virtuais, o retorno ao presencial do Pint of Science vai acontecer nesta quarta-feira (24), às 19h, e contará com a parceria com o Curso de Especialização em Comunicação Pública da Ciência da UFMG, o Amerek. Numa noite prá lá de especial no MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal, o assunto vai ser a Ciência da Divulgação Científica e os presentes poderão conhecer um pouco do que estudantes e professores do curso têm produzido. Tudo isso com o acompanhamento de um bom papo e cerveja gelada.

No encontro, o professor e pesquisador do Departamento de Comunicação da UFMG e do Amerek, Carlos D’Andrea, vai bater um papo sobre o papel das Redes Sociais da Divulgação Científica. No embalo, a jornalista e aluna do Amerek, Tuany Alves, conta um pouco sobre seu trabalho a respeito da presença de Museus de Ciência no TikTok. A professora do departamento de Matemática da UFMG e aluna do Amerek, Sonia Carvalho, se pergunta se os alienígenas descobririam o ? para refletir sobre os processos de construção da ciência. Já a pesquisadora e professora do departamento de Genética, Ecologia e Evolução da UFMG, Adlane Ferreira, vai avançar no tema dos processos da ciência falando sobre sua relação com a Arte. É claro que não vai faltar aquele tradicional momento de bate-papo com todo mundo, para abrir os horizontes com perguntas e comentários.

"Desde 2016 recebemos o Pint of Science em nossa cidade e foi sucesso em todas as edições. A expectativa para o retorno é enorme! O festival em Belo Horizonte vai acontecer em parceria com professores e alunos da AMEREK e se chamará um Beliscão de Ciência!! Será uma noite de Divulgação Científica no Museu de Ciência mais charmoso da cidade, o MM Gerdau." declarou Marina Andrade, Coordenadora do Pint of Science BH e Coordenadora do festival em Minas Gerais. Yurij Castelfranchi, Coordenador da AMEREK, acredita que o festival conversa com os princípios do curso. “O Pint of Science é uma iniciativa belíssima. Para nós da AMEREK é uma honra e um prazer realizar o evento em Belo Horizonte. Entendemos a divulgação científica não de cima para baixo, mas um contato direto, uma conversa e uma troca sobre ciência com as pessoas. Nesta conversa cabe o questionamento, cabe discussão e até zoação sobre a ciência” afirma o pesquisador.

Sobre o Pint of Science Brasil

O Pint of Science Brasil é uma iniciativa que busca aproximar a ciência da sociedade de forma descontraída e acessível. O festival reúne pesquisadores e especialistas em bares e restaurantes para discutir temas relevantes em diversas áreas do conhecimento. O festival foi criado em 2012, na Inglaterra, chegou ao Brasil em 2015 e hoje acontece simultaneamente em mais de 25 países, totalizando quase 400 cidades em todo o mundo.

O Pint of Science Brasil é organizado por mais de 300 pessoas, entre cientistas, entusiastas e apoiadores. Em 2023 serão 123 cidades brasileiras, incluindo 20 capitais estaduais e o Distrito Federal. O evento contará com mais de 600 pesquisadores e especialistas, que discutirão tópicos relevantes de diversas áreas do conhecimento em bares e restaurantes. A parceria com diversas universidades e instituições de pesquisa, bem como com a mídia e patrocinadores, tem sido fundamental para o sucesso do festival nos últimos anos.

Com o lema "Um Brinde à Ciência", o festival busca estabelecer um diálogo aberto e informal com os cientistas, proporcionando uma experiência única e divertida. Além disso, o evento visa inspirar jovens estudantes e promover o interesse pela ciência e tecnologia, contribuindo para o desenvolvimento da educação científica no país. A programação do evento está sendo cuidadosamente elaborada para que todos possam desfrutar de uma noite agradável, aprendendo e debatendo assuntos relevantes para a sociedade.

Sobre o Amerek

O Amerek é um curso transdisciplinar, de especialização profissional em comunicação pública da ciência. Alunas\os e professoras\es de áreas diversas estudam e criam juntos, atravessando os territórios do jornalismo científico, do ensino de ciências, da comunicação institucional e empresarial, dos centros e museus de ciência. O nome Amerek é de origem krenak e faz referência à uma proposta de comunicação que deve ser feita por meio da interação, em via de mão dupla, como troca afetiva de cutucões.